Grid

terça-feira, 14 de junho de 2016

Dos regressos e das carbonaras quase saudáveis


Dez meses. Dez longuíssimos meses longe daqui. Deveria ter sido apenas até outubro, mas quando estava descansada e prestes a regressar, envolvi-me num projeto extraordinariamente trabalhoso que tem consumido praticamente todos os minutos que o trabalho, a casa e as crianças me deixam livres. Deixei pura e simplemente de ter tempo para o que quer que fosse. 

A verdade é que eu preciso disto. "Disto" não é apenas do blogue (dos blogues, aliás, mas nem falemos dos outros dois). "Disto" é de criar, de fotografar, de experimentar, de escrever, de passear. De fazer, portanto. O(s) blogue(s) são como que um incentivo. Pode parecer ridículo precisarmos de incentivos para fazermos o que nos dá prazer, mas é tão fácil perdermo-nos no loop do dia-a-dia e deixarmos estas coisas para trás! Enfim. Veremos se a coisa anda agora... o mega-projeto acaba só lá para outubro, mas prevê-se que dê menos trabalho durante o verão, por isso há que aproveitar!  


Algo mais mudou nestes dez meses. O meu André decidiu finalmente perder peso e alterou radicalmente a sua alimentação. Não que cá em casa se comesse mal (no sentido engordativo da coisa), pelo contrário, mas as experiências menos saudáveis ficaram de parte e passou a haver um maior cuidado na escolha dos ingredientes.


Temos tentado trocar arroz, massa e batatas por outro tipo de hidratos ou por leguminosas e privilegiar os cereais menos processados. Temos também procurado incluir mais legumes nos pratos, para além dos que usamos nos acompanhamentos.


Nestas adaptações, a melhor que descobri foi o sem dúvida o iogurte grego como substituto das natas e, melhor ainda, da manteiga (nos bolos). A receita que trago para este regresso é, precisamente, uma carbonara em que as natas são integralmente substituídas por iogurte grego (ok, ok, este não é do "verdadeiro" mas nem sempre consigo ir comprá-lo onde se vende). É quase quase quase saudável e foi inspirada em duas receitas do Jamie Oliver que, aliás, preside também ao regresso do Quinze dias com..., agora em formato Um mês com...

É uma receita que tenho feito com alguma frequência por ser tão rápida e tão fácil e, vá, por me deixar relativamente tranquila do ponto de vista nutricional, indo ao encontro das novas regras alimentares lá de casa (vamos esquecer que tem bacon e parmesão, sim?).  Já tinha experimentado esta carbonara com courgette mas o problema das natas não tinha ficado resolvido. Quem diria que uma mera substituição por iogurte iria resultar tão bem?


Assim se regressa por aqui. Espero que de vez! 

***** 

Pin it

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...