Grid

domingo, 20 de março de 2011

Do pequeno se faz grande

De uma maneira geral, as minhas ambições não são materiais. Há, porém, uma coisa que ambiciono ter desde pequena: um jardim. Talvez um dia seja possível. Enquanto não é, dou-me por satisfeita por ter três varandas, estreitas é certo, que podiam estar vazias, é certo, mas que estão cheias de plantas, ervas aromáticas e flores, que começam agora a despertar para a primavera. A do meu quarto é a mais pequena das três, mas abdiquei de alguns vasos em prol de um espaço onde possa estar sentada a ler, a escrever e a ouvir os pássaros. É onde estou agora, abraçada pelo calor ameno deste dia magnífico, que por acaso é o último dia de inverno. Ninguém diria...

É um dos meus sítios favoritos cá em casa. Este ano fui um pouco negligente: para a semana vou ter que tirar umas horas para mudar a terra, adubá-la, trazer umas plantas novas do horto e plantar algumas sementes, algo que costumo fazer no final de Fevereiro. Também vou ter que pintar a mesa e as cadeiras, que estão a acusar os maus tratos da chuva e do vento dos últimos meses.

Ainda assim, não me posso queixar. Para jardim improvisado, acho que se está muito bem aqui.

  

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pin it

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...