Grid

segunda-feira, 30 de maio de 2011

À descoberta

Foi pela mão do meu primo Pedro, sempre à frente de todos nós nas suas descobertas musicais, que a ouvi pela primeira vez. E foi através dele também que vi o clip de lançamento, que só por si é brilhante.




É portuguesa. Tem vinte e três anos. Chama-se Luísa Sobral e a sua história é contada aqui.

O André ofereceu-me o CD na sexta-feira. No Sábado estive a ouvi-lo com calma. Quando gosto de um álbum, oiço-o vezes e vezes sem conta. É o que tenho feito nestes três dias. Irei ouvi-lo muitas mais vezes até conseguir escolher as minhas músicas favoritas. Para já, a minha balança está a pender para esta:


Com excepção do "Saiu para a Rua", dos grandes Rui Veloso e Carlos Tê, todas as músicas são dela. O estilo é muito próprio, mas se tivesse que compará-la com um nome mais conhecido, o que me vem persistentemente à cabeça é o de Stacey Kent. Mas o melhor será tirarem as vossas próprias conclusões e, para tal, podem ouvir o álbum aqui.

Cá para mim, ainda vai dar que falar... e assim espero, porque será bem merecido.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Pin it

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...