Grid

sábado, 29 de junho de 2013

Bolo de Chocolate com Praliné de Avelã


Em Fevereiro deixei passar um dos desafios do Dorie às Sextas: o Cocoa -buttermilk birthday cake. Coincidiu com o aniversário da Catarina e já tinha planeado o seu bolo. Mas este ficou-me na cabeça, à espera do aniversário seguinte. Quando em Maio a mãe do André fez anos, disse-lhe que o bolo ficaria por minha conta. E gostei tanto, mas tanto que tive que o repetir para o aniversário da minha mãe, uns meros dias depois. 



O bolo em si é muito bom: fofo, suave, coberto com um creme delicioso, com um ligeiro sabor a Ovomaltine. Cortei imensamente no açúcar face à receita original, o que o fez ganhar a meu ver já que não é nada enjoativo. Mas resolvi dar-lhe um twist: uma cobertura com praliné de avelã. Sem demérito para o bolo, o praliné foi aquilo que o transformou de muito bom em simplesmente extraordinário. A não perder.



Bolo de Chocolate com Praliné de Avelã
Adaptado do Cocoa-buttermilk birthday cake do livro Baking, Dorie Greenspan

Para o bolo

Duas chávenas de farinha de trigo
Meia chávena de cacau em pó sem açúcar
Meia colher de chá de fermento em pó
Meia colher de chá de bicarbonato de sódio
Meia colher de chá de sal
Duzentas gramas de manteiga sem sal, à temperatura ambiente
Uma e meia chávenas de açúcar
Dois ovos grandes
Duas gemas grande
Uma colher de chá de extracto de baunilha
Uma chávena de buttermilk
Cento e vinte gramas de chocolate a setenta por cento, derretido


Para o creme
Cento e setenta gramas de chocolate a setenta por cento picado grosseiramente
Um terço de chávena de açúcar amarelo
Um quarto de chávena de Ovomaltine
Duzentas e vinte gramas de manteiga sem sal, à temperatura ambiente
Uma pitada de sal
Três quatros de colher de chá de extracto de baunilha
Uma chávena de açúcar em pó, peneirado

Para o Praliné
Uma chávena de avelãs
Meia chávena de açúcar


Pré-aquecer o forno a cento e oitenta graus. 
Barrar duas formas redondas de 23cm e polvilhar com farinha. Cobrir o fundo com papel vegetal. Alternativamente, usar apenas uma forma de mola de igual diâmetro, sendo que o bolo terá que ser cortado ao meio depois de frio. 

Para o bolo
Misturar a farinha, o cacau, o fermento, o bicarbonato e o sal. Bater a manteiga até ficar macia e cremosa. Adicionar o açúcar e bater durante 2 minutos, até que esteja completamente misturado. Juntar os ovos, um a um, depois as gemas, uma a uma, batendo entre cada adição. Juntar a baunilha e adicionar os ingredientes secos em três vezes e o buttermilk em duas (começar e terminar com os ingredientes secos). Acrescentar o chocolate derretido com uma espátula de borracha. 
Dividir a massa pelas 2 formas e levar ao forno por 26 a 30 minutos, ou até que os bolos se comecem a afastar dos lados das formas (se for só uma forma, deverá demorar um pouco mais de tempo).

Para o creme
Derreter o chocolate com metade do açúcar amarelo em banho-maria. Retirar do lume. Misturar o Ovomaltine e acrescentar o chocolate derretido, gradualmente, mexendo até ficar liso e brilhante. Bater a manteiga até ficar macia e fofa. Adicionar o açúcar amarelo restante e bater durante uns minutos. Juntar o extracto de baunilha, o sal e, aos poucos, o açúcar em pó. Rechear e cobrir o bolo. Levar ao frigorífico pelo menos uma hora.

Para o praliné
Torrar as avelãs no forno durante quinze minutos. Esfregar num pano para tirar a pele. Derreter o açúcar numa frigideira até caramelizar. Misturar as avelãs e deitar rapidamente em cima da pedra. Quando estiver completamente frio, colocar dentro de um saco e bater com o rolo da massa para partir grosseiramente. 

Cobrir o bolo com o praliné e servir.

6 comentários:

  1. Excelente bolo, excelente twist! Agora com este calor evito forno e tudo o que irradie calor. Mas será bolo a experimentar pois também saltei a receita e quando me atrever, farei seguindo a tua receita.
    Beijinhos grandes
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quando fui ver a receita ao grupo, lembrei-me que havia vários comentários sobre a cobertura ser doce demais, por isso fui acrescentando o açúcar em pó aos poucos e provando, com cuidado para respeitar a textura do creme. Não recomendo ultrapassar uma chávena (vs. as duas e meia referidas na receita). Beijinhos!!!

      Eliminar
  2. bemmmmmmm... parece-me bom demais para não experimentar.. deixa-me ter um tempinho que já o faço.. :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens mesmo que fazer, mas corta bem no açúcar da cobertura. Beijocas!!!

      Eliminar
  3. Susaninha eu este nao o fiz! Nao encontrei nem malte, nem ovomaltine!
    E agora estive aqui a olhar bem, e foi um excelente twist que lhe deste!!
    Está fantastico e tal como tu, mesmo sem provar, esse praliné foi um toque de mestre!!
    Um bolo digno de qualquer aniversario!
    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mena, para mim ficou uma daquelas receitas que vou fazer inúmeras vezes. Para a próxima vou misturar um pouco do praliné ao recheio porque acho que deve ficar ainda melhor. Beijos!!!

      Eliminar

Pin it

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...