Grid

sábado, 19 de julho de 2014

Leite-creme ou pudim?


O Dorie às Sextas traz-nos um leite-creme de limão, feito no forno. Confesso que não gosto especialmente de leite-creme, excepção feita para as farófias. Mas já tinha visto várias vezes esta técnica e queria experimentá-la. Lá me aventurei. A receita é simples e o único problema pode ser mesmo conseguir temperar os ovos com o leite quente, algo que já consigo dominar por causa dos gelados que tenho feito.

Deixei no forno, retirando quando apenas o centro abanava como indicado... e saíram-me uns pudins. Não sei se deixei cozer demais ou se o leite-creme de forno fica mesmo assim. É que eu não gosto mesmo nada de pudim. O sabor estava bom, não há dúvida, mas aquela textura não me convence nem um bocadinho. Porque é que trago a receita para aqui? Porque quem provou para além de mim, adorou! Sobretudo o André, que adora coisas semi-borrachentas...


Enfim, se todos gostássemos do mesmo o que seria do amarelo (ou, na minha opinião mais ou menos dissonante e para destoar das fotografias, do cor-de-rosa...)?

*****

Lemon cup custard

2 1/4 chávenas de leite gordo
Raspa de um limão
4 ovos grandes
1/2 chávena de açúcar
Óleo de limão puro ou extracto de limão (opcional)

Preparar 6 ramequins com capacidade para 180 ml. Levar ao lume num tacho o leite com a raspa de limão até levantar fervura. Retirar o tacho do lume, cobrir e deixar repousar durante 30 minutos para que o leite ganhe o sabor do limão. Levar novamente ao lume para aquecer o leite.
Centrar a grade do forno e pré-aquecê-lo a 165ºC. Forrar uma assadeira com uma camada dupla de papel de cozinha e colocar os ramequins dentro da assadeira. Ter um passador de rede fina à mão e ferver água numa chaleira, desligando o lume quando a água estiver a ferver. Num copo medidor ou tigela com capacidade de 950 ml e resistentes ao calor, bater os ovos com o açúcar até estarem bem misturados. Sem parar de mexer, coar aos poucos 1/4 do leite quente para a mistura dos ovos e açúcar, de modo a temperar os ovos e evitar que talhem. Mexendo sempre, coar o restante leite. Descartar a raspa de limão. Para um sabor a limão mais forte, juntar umas gotas de óleo ou extracto de limão (1/8 de colher de chá para o extracto, menos ainda para o óleo).
Com uma colher, remover a espuma por cima do creme e vertê-lo para os ramequins. Colocar a assadeira no forno e deitar-lhe dentro água quente, até ficar a meio das paredes exteriores dos ramequins.
Deixar cozinhar durante 40-45 minutos ou até a custard abanar somente no centro quando se toca nos recipientes. Deixar arrefecer até à temperatura ambiente e refrigerar durante pelo menos duas horas antes de servir.

3 comentários:

  1. Susana
    Também me aconteceu no primeiro que fiz. Ou os ramequins da Dorie são gigantes ou precisa de menos tempo de forno. Pelo menos no meu só consegui a textura cremosa, na segunda experiência apenas com 30 minutos no forno.
    Mas para mim é um pudim, sem caramelo.
    Beijo

    ResponderEliminar
  2. Esqueci de falar no aspecto tostadinho do teu que apetece meter a colher. Os Andrés são fixes, também tenho um cá em casa ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu, para além de fixe, é muito guloso. Beijinhos!!!

      Eliminar

Pin it

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...