Grid

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Uma empada de frango e as saudades da Escócia



Não consigo descrever as saudades que tenho de viajar. Não de viagens em trabalho, que se resumem quase sempre a aeroportos e salas de reunião, mas de ter férias fora de Portugal. Já lá vai o tempo em que eu e o André reservavamos uma semana por ano para irmos para fora só os dois e, tenho a dizer, é algo de que sinto muita falta. O nosso destino favorito é a Escócia e já escrevi em tempos sobre ela. Supostamente não se come bem na Escócia, mas eu tenho as melhores memórias da comida de pub, onde uma das minhas escolhas de eleição era a empada de frango. 


É essa a receita que trago do Gordon Ramsey, também ele escocês, que é convidado do Quinze dias com... Esta empada de frango é grande, cremosa, com um sabor delicioso. Fiz apenas umas alterações: refoguei ligeiramente as chalotas, a carne e os cogumelos antes de juntar o caldo e usei pernas de galinha em vez de peitos, o que implicou estar um pouco mais de tempo a cozinhar para a carne ficar macia. Perfeita para o tempo chuvoso que, parece, começa a ser uma constante também por estas bandas. Das viagens fica, para já, a saudade e a esperança que o futuro nos permita voltar a fazê-las em breve.

*****

Empada de frango com cogumelos
Gordon Ramsey, receita daqui


3 1/4 chávenas de caldo de galinha (aproveitei uma água de cozer espargos, os ossos das pernas e rama de alho-francês)
Folhas de tomilho fresco
4 pernas grandes de frango, desossadas e com a carne cortada em cubos (3 peitos de frango no original)
7 chalotas, cortadas finamente em meia-luas
200 gramas de cogumelos paris, cortados em quartos
2 colheres de sopa de manteiga
1/3 chávena de farinha
1/2 chávena de natas
1 receita de massa quebrada (ver em baixo)
1 gema grande, batida com um pouco de água, para pincelar
Azeite
Sal e pimenta
Sal marinho para polvilhar

Refogar ligeiramente as chalotas, juntar a carne, as folhas de tomilho, um pouco de sal, e deixar alourar. Juntar os cogumelos e tapar durante 5 minutos. Juntar o caldo bem quente e deixar cozinhar até o líquido ficar reduzido até cerca de 1 chávena e 1/4. Escorrer o caldo para uma taça e reservar a carne. Noutro tacho, derreter a manteiga e juntar a farinha, Quando engrossar, juntar aos poucos o caldo e depois as natas, mexendo sempre até engrossar. Juntar a carne, envolver bem e deixar arrefecer completamente. Pré-aquecer o forno a 205º. Dividir a massa em 1/3 e 2/3. Estender os 2/3 da massa e colocá-la num pirex forrado com papel vegetal. Verter a carne com o molho e tapar com o restante 1/3 da massa, fechando bem as pontas e fazendo uma cruz no meio com uma faca para deixar sair o vapor. Pincelar bem com a mistura de ovo e levar ao forno durante cerca de 35 minutos, até a massa estar dourada e bem cozinhada e o molho borbulhar através do corte em cruz. Servir de imediato.

Para a massa, original aqui

1 2/3 chávenas de farinha
1 colher de chá de sal fino
6 colheres de sopa de manteiga sem sal muito fria, cortada em cubos
4-6 colheres de sopa de água gelada

Numa taça, misturar a farinha com o sal. Juntar a manteiga e misturar rapidamente com os dedos, esfregando a manteiga e a farinha até formar uma areia gossa. Deitar aos poucos a água e amassar até formar uma bola, não trabalhando demasiado a massa. Envolver em película e levar ao frio durante pelo menos 30 minutos. 

3 comentários:

  1. Adoro estas empadas anglo-saxónicas, são tão boas!

    ResponderEliminar
  2. Que empada cremosa, linda!
    Bom fim de semana,Bjs!

    ResponderEliminar
  3. Bom, esta empada está com um aspectpo daqueles, beeem bom!
    Adorei esse interior. Vou guardar ;)

    Bjinhos

    ResponderEliminar

Pin it

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...