Grid

sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

A tarte de maçã da avó russa


A receita da quinzena do Dorie às Sextas é muito parecida com a da minha tarte de maçã (que por acaso nunca publiquei aqui). Mas leva limão e fermento na massa e faz-se como se de um bolo se tratasse, apesar de ficar com boa consistência e de ser fácil de estender. Deve, porém, ficar fina porque a massa cresce. E é deliciosa, ou não fosse a Dorie uma pastry queen.


Quis estrear uma tarteira baixinha que comprei há um tempo, mas arrependi-me pois acho que lhe faltou um pouco mais de recheio. Por isso, mantenho as quantidades originais da receita. Pincelei-a com compota em vez de polvilhar com açúcar. Aprovada!


*****

Russian grandmothers' apple pie-cake 

Para a massa

225 gramas de manteiga sem sal à temperatura ambiente
1 chávena de açúcar
2 ovos grandes
1 colher de sopa de fermento
1/2 colher de chá de sal
Sumo de 1 limão
3 1/4 - 3 1/2 chávenas de farinha

Para as maçãs

10 maçãs médias (Fuji, Red Delicious, ou uma mistura de ambas)
Sumo de limão
1 chávena de passas
1/4 chávena de açúcar
1 1/4 colheres de chá de canela em pó

Açúcar pouco refinado para decorar


Para a massa

Com a batedeira de pé ou a manual bater a manteiga com o açúcar até ficar suave, durante cerca de 2 minutos. Juntar os ovos até a mistura estar leve e fofa, durante cerca de 3 minutos. Reduzir a velocidade para o mínimo, juntar  fermento e o sal e misturar. Juntar o sumo de limão. A mistura vai talhar, mas não há problema. Ainda com a velocidade baixa, juntar aos poucos 3 1/4 chávenas de farinha até ficar incorporada, raspando a taça sempre que necessário. A massa vai ficar relativamente mole, mas se ficar muito líquida, deve juntar-se o restante 1/4 de chávena de farinha. Quando estiver tudo devidamente misturado, a massa não vai agarrar-se às pareces da taça. Colocá-la na superfície de trabalho, dividi-la ao meio e formar dois rectângulos. Embrulhar em película aderente e refrigerar durante pelo menos duas horas ou até 3 dias. A massa pode ser congelada durante 2 meses.

Para as maçãs

Descascar e remover o centro das maçãs. Cortá-las em fatias finas e reservá-las numa taça com um pouco de sumo de limão. Juntar as passas. Misturar o açúcar com a canela e deitar sobre as maçãs, envolvendo-as bem na mistura. Provar um pedaço de maçã e juntar mais açúcar, canela e sumo de limão se necessário.

Para a tarte

Centrar uma grade no forno e pré-aquecê-lo a 190ºC. Untar generosamente com manteiga um tabuleiro de 23 por 33 cm.
Tirar a massa do frigorífico. Se estiver muito dura para estender, deixá-la durante 15 minutos à temperatura ambiente. Estendê-la entre folhas de papel vegetal u na bancada polvilhada com farinha até ficar com 6 milímetros de espessura e um pouco maior do que o tabuleiro. Forrar o tabuleiro com a massa, deixando-a sair por fora. Deitar a maçã e espalhá-la bem com as mãos. Estender o outro pedaço de massa, cobrir a maçã, cortar à medida e dobrar a parte de fora da massa por cima da cobertura de modo a vedar bem. Com uma faca afiada, fazer 6 a 8 aberturas para deixar sair o vapor. Pincelar com água e polvilhar com o açúcar. Levar ao forno durante 65-80 minutos ou até estar dourada e com a maçã a borbulhar pelas aberturas. Deixar arrefecer e servir morna ou à temperatura ambiente.

3 comentários:

  1. Uma bela tarte, Susana! ;)
    Desejo a vc e toda sua família um Natal de muita paz, amor e que o Ano Novo seja repleto das bençãos de Deus!
    Bjs e até breve! Obrigada pela companhia neste ano de 2014! =)

    Vivendo e Aprendendo
    Fotos e Prosas

    ResponderEliminar
  2. Susana,

    Uma tarte com personalidade, tal como as receitas da Dorie o são ! :)
    Tem um Feliz Natal junto da tua familia, um beijinho grande e um xi-coração !

    Isabel

    ResponderEliminar

Pin it

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...