Grid

sexta-feira, 24 de abril de 2015

Bolo de coco e maçã e o permanente desassossego de ser mãe



Sozinha e a oito mil quilómetros de casa, mal me aguento com saudades. Ando esgotada com o dia-a-dia, cansada da rotina, mas o que é certo é que estou longe há pouco mais de um dia e só me apetece voltar. 


Não nego que é bom poder ter tempo para me dedicar apenas a mim e ao meu trabalho, estar descontraída por não ter que passar o dia a correr para poder conciliar tudo, exceder-me no emprego, ser uma mãe presente, organizar a casa, tratar das refeições. É bom ter uma manhã calma para variar (um fuso-horário de menos quatro horas ajuda...), um pequeno-almoço tranquilo, um duche mais demorado, ler um pouco e ganhar energia para um dia de trabalho. Escrever este post sem pressas. 


Mas depois penso neles e o meu coração fica pequenino, pequenino, e só me apetece rumar ao aeroporto, atravessar o Atlântico e tê-los nos meus braços. Partilhar risos, ouvir lamentos, consolar lágrimas, fazer aquelas brincadeiras tão nossas: tendas debaixo dos lençóis, caretas ao espelho, peças de teatro, filmes no banho, banhos de espuma, spas caseiros, passagens de modelos... Acho que isto é realmente ser mãe, um desassossego permanente que nos assola, que se agarra a nós como uma segunda pele e que nos marca para sempre. 


O bolo? É a receita da quinzena do Dorie às Sextas. Fantástico, fácil e absolutamente delicioso. Fi-lo sem a geleia de maçã porque pareceu-me perfeito assim mesmo: simples.

*****



Apple-coconut family cake
Baking, Dorie Greenspan

1 chávena + 2 colheres de sopa de farinha
2 colheres de chá de fermento
1/4 colher de chá de bicarbonato de sódio
1/4 colher de chá de canela
1/4 colher de chá de sal
3 maçãs descascadas e descaroçadas
2 ovos grandes à temperatura ambiente
1/2 chávena + 2 colheres de sopa de açúcar
1/2 chávena de iogurte natural
6 colheres de sopa de um óleo sem sabor (canola ou cártamo, por exemplo)
2 colheres de chá de extrato de baunilha
1 chávena de coco ralado
1/2 chávena de geleia de maçã 
Pré-aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma de mola com 23 cm. de diâmetro e polvilhá-la com as 2 colheres de sopa de farinha. Reservar.
Misturar bem a farinha, o fermento, o bicarbonato, a canela e o sal. Cortar duas maçãs em cubos pequenos e uma em fatias finas. Rservar, cobrindo com película aderente.
Numa taça grande, bater os ovos com o açúcar durante um minuto. Juntar o iogurte, o óleo e a baunilha ebater durante mais um minuto. Envolver a mistura de farinha com uma espátula. Juntar a maçã em cubos e o coco, envolvendo bem, e deitar a massa na forma, alisando-a bem. Decorar com as fatias de maçã e polvilhar com o açúcar. Levar ao forno durante 45-50 minutos ou até o topo estar caramelizado e uma faca inserida no centro sair seca. 
Retirar o forno e deixar arrefecer durante 20 minutos na forma. Entretanto, preparar a cobertura, aquecendo a geleia com um pouco de água até ficar líquida.  
Desenformar o bolo para um prato de servir e cobri-lo com a geleia. 

5 comentários:

  1. Como compreendo cada palavra que escrevestes... :)

    O bolo, perfeito.

    Beijinhos
    Marta

    ResponderEliminar
  2. Ai Susaninha... Tao longe que tu estás dos teus pequenos! E eu entendo perfeitamente o que é isso quando os meus rumam de ferias a Portugal e me deixam aqui na Sibéria. Estamos tão empenhadas na nossa tarefa de ser Mae, 24 sobre 24 horas, 365 dias ao anos, 366 quando é bisexto, a deixar de fazer tantas coisas por eles, que quando temos um bocadinho pequenino, temos um ataque. O melhor que te posso dizer, é que as Mães, com tu e eu, também podemos ser um bocadinho egoístas. Ou seja, pensar um bocadinho em nós num curto espaço de tempo!
    Nao sei quando regressas para junto dos pequenos, mas anima-te! Eles estao bem, tu é que estás feita num oito com as saudades!!
    E olha o bolinho, ajuda a esquecer! Adoro bolos de maçã e este caiu-me em graça!
    Beijinho grande,
    Mena.

    ResponderEliminar
  3. Também fiz sem a geleia e adorei.
    Beijinhos e bom trabalho, que o regresso é já já!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Sinto exatamente o mesmo! Passo a vida a refilar que já não sei o que é dormir uma noite de sono completa, o que é tomar um banho de imersão, o que é ver um filme do início ao fim, o que é ler um livro em silêncio, o que é estar sossegada simplesmente. Só que depois, quando (raramente) isso acontece, bate aquela saudade que só nos apetece tê-los por perto e parece até que aqueles momentos só para nós já não sabem tão bem quanto deviam! E só mesmo um bolo como esse nos pode reconfortar a alma!

    ResponderEliminar

Pin it

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...